Caminhos




Nas aguas de um riu,
A roupa se lava,
E quando dava um piu,
O teu coração despertava.

E se as flores falassem,
Muitas conversas se davam,
E se sorrisos brilhassem,
Todos os pássaros piavam.

E se hoje nada acontece,
O sorriso não desmerece, 
Pois eu sou feliz,
E vivo a vida que Deus quis.

Renato Paupério
Porto, 21 de Janeiro de 2010



21 comentários:

  1. Não é necessário as flores falarem para as conversas se darem. Nem é preciso falarmos para termos uma conversa. As melhores conversas, que por vezes tenho contigo, são quando permaneces calado e quando me olhas nos olhos, isso é mais que uma conversa de centenas de frases ditas, é um aconchego no coração e um sentimento de arrepio na espinha. Transmites tudo através de um pequeno olhar, felicidade, desejo, melancolia.
    Mas o brilho tem mais ainda mais brilho quanto junto a isto sorris de orelha a orelha. É uma imagem que me foste habitando a ver e que é das mais bonitas que hoje posso aperciar.

    ResponderEliminar
  2. é muito muito bom quando as pessoas são sinceras conosco . Renato , obrigado por cada tempinho que dispensas a visiar o meu blog . e adoro a forma como escreves !

    ResponderEliminar
  3. desculpa a termenda demora a que respondo aos teus comentários, mas não tenho tido tempo nenhum de por aqui andar.
    Está tudo óptimo comigo e contigo?
    Beijinhos (:

    ResponderEliminar
  4. Sim tens razão quanto ás amizades (relativamente ao comentario que fizeste no meu blog). Não é facil mesmo! Mas tenho a certeza que apesar das saudades estas a continuar a tua vida dando o melhor que podes e dás ao mundo o teu sorriso, e todos os teus outros sentimentos!!

    Eu não me queria repetir, não é?!! Estou a brincar repito sempre que necessario, QUE ESCREVES MUITISSIMO BEM, mas isso já tu sabes.
    Beijo enorme.

    ResponderEliminar
  5. desculpa ter demorado a responder :x ando meia ocupada com o estudo :s mas prnto, vida académica. x)
    acho engraçado a forma como usaste as palavras neste teu poema :')
    em relação ao meu texto, é na primavera que se começam a preparar, assim digamos, as emoçoes para no verao estarem em alta :D é na primavera que as flores começam a florir, etc :)
    beijinho

    ResponderEliminar
  6. Obrigado mais uma vez por passares no meu blog, e deixares sempre, sempre o que tu achas. ajuda-me imenso, mesmo que pareça que não . Quanto ao que escreveste, mais uma vez adorei, :')

    um beijinho grande

    ResponderEliminar
  7. Mas tu és um amor, por isso é normal :)

    ResponderEliminar
  8. Muito obrigada , a sério :)

    Post magnífico o teu!

    beijinhos grandeeeees

    ResponderEliminar
  9. obrigada pelos conselhos :)

    amei o poema*

    beijinho'

    ps. a cores já foram mudadas xD

    ResponderEliminar
  10. apaguei o comentário com o nº, desculpa :\
    manda outra vez (:
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  11. Obrigada por ires ao meu blog (:
    Escreves tão bem, meu bem *-*
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  12. Acredita que, no meu caso, ele não quero nem mesmo saber como eu estou :)

    Gosteeei!

    ResponderEliminar
  13. Obrigada pelo comentário!
    Escreves muito bem, gostei muito do que vi aqui!

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  14. este caso é o contrário: aconteceu na vida real - e eu adorava que tivesse sido apenas mais um ilusório sonho.

    ResponderEliminar
  15. Já foi bom estar nas paredes do coração, mas hoje em dia, guardava-o apenas num baú e atirava-o ao mar. :)

    ResponderEliminar
  16. concordo, é das coisas melhores da vida :)
    Beijinho*

    ResponderEliminar